Movimento de Ação Vocacional

Cristiano de Almeida - São Paulo

Aconteceu no auditório da Creche Catarina Laboré, no dia 14 de Abril, o primeiro encontro do MAV (Movimento de Animação Vocacional), organizado pelo CENFAVOS (Centro de Formação de Animadores Vocacionais Sioniense, sob a direção do Pe. Antônio Lima Brito, nds.

O porquê do MAV: Em virtude de motivos diversos, muitos vocacionados não se sentem chamados por Deus. Sua vocação jaz em estado letárgico. Outros a percebem, mas impelidos por um turbilhão de dúvidas, protelam o discernimento e a decisão. Alguns, mesmo conscientes de sua vocação, rejeitam-na, por pressão de uma mentalidade secularista, hedonista, materialista, consumista, presente em nossa sociedade. Acrescenta-se, ainda, a porcentagem relevante de jovens que abandonam a faculdade porque não se identificam com o curso. Por essa e outras razões, a evasão média anual chegou a 21% nos últimos 10 anos. Em contrapartida, um bom número, auxiliado pela Animação Vocacional, satisfaz generosamente a todos os requisitos do apelo divino.

 A Animação Vocacional é uma pastoral da Igreja Católica que tem por objetivo ajudar os batizados a conhecer e acolher sua vocação e profissão, a fim de viverem seu ideal respondendo suficientemente às exigências atuais. Em razão de sua inadequação, morosidade e omissão na implementação de propostas eclesiais, concernentes a essa pastoral, achamos por bem propor o MAV como tentativa de melhoria da situação. O Movimento pretende dinamizar a Animação Vocacional com novas estratégias e ampliação do espaço de atuação.

MAV, Por quê?

  • Deus quer a salvação de todos (Cf. 1Tm 2,4; Jo 6,38-39); 10,10).
  • São poucos os operários. Há ainda muitas ovelhas sem pastor (cf. Mt 9,36-38).
  • A Animação Vocacional exige uma boa formação de seus agentes, animadores etc.
  • Os cristãos católicos necessitam de maior conscientização quanto a sua corresponsabilidade de promover todas as vocações e profissões.
  • Há urgência de maior investimento de recursos humanos, materiais e financeiros na Promoção Vocacional.
  • A realidade atual reclama por uma inovação na maneira de se fazer animação vocacional. Entre as necessidades de mudança, ressaltam-se a urgência de dinamismo, mobilização, sair em vez de ficar, ir e não esperar.
  • Necessidade de efetivação de eficazes sugestões dos documentos eclesiais. A Animação Vocacional clama por prioridades praticadas, efetivadas e não apenas proclamadas. Precisamos sair do mero blábláblá.

Vantagens do MAV

  • Com uma ação eficiente, muita oração e testemunhos, haverá mais missionários (as) e Deus será mais conhecido como fonte de felicidade terrena e eterna.
  • A Palavra de Des será mais praticada e, em consequência, a família viverá com mais qualidade, porque Deus reinará nela muito mais.
  • Existirá mais fraternidade, justiça e paz no mundo através da evangelização.
  • A solidariedade será mais incrementada como expressão de fé e amor.
  • A discriminação social, cultural e religiosa será bem menor, com a possibilidade de desaparecer.
  • Os fiéis evangelizados terão mais segurança na vida, em virtude da confiança em Deus que é sempre fiel às suas promessas.
  • Jesus Cristo passará a ser mais referência comportamental para o cristão.
  • Com mais operários (as) e missionários (as), teremos mais cristãos, mais formação, mais celebrações, menos violência, mais fraternidade, mais qualidade humana e social.
  • Com o despertar e acompanhamento vocacionais, os cristãos terão maior possibilidade de acerto em sua opção profissional e vocacional. O êxodo escolar diminuirá.
  • Haverá mais ovelhas com pastor e menos crianças e jovens abandonados.

Rolar até o topo